Breve historial

A LASA - LIGA DOS AMIGOS DE SETÚBAL E AZEITÃO é uma associação regional sem fins lucrativos, fundada em 1955, cujos estatutos definem finalidades múltiplas, todas elas orientadas para a defesa e divulgação do património cultural, ambiental e social numa perspectiva do desenvolvimento regional. Desde 1955 até 1974, a LASA situou-se como “pivot” e cordão umbilical do Museu da Cidade, canalizando para este os subsídios atribuídos pela Junta Distrital, Governo Civil e Câmara Municipal, proporcionando-lhe uma grande projecção. Na década seguinte, de 1974 até 1984, a LASA entra em eclipse forçado, deixando de deter controlo sobre o espaço e espólio que pertenciam à Instituição e ao Museu da Cidade. A partir de 1984 e até 1993, deu-se um novo desabrochar da Liga que, com escassos meios, conseguiu planear e empreender realizações novas e estimulantes em prol da cultura de Setúbal. Entre as acções desenvolvidas de 1993 a Maio 1996, a Liga entrou novamente num período de um certo adormecimento, sem intervenções relevantes. Em Maio de 1996 uma nova Direcção foi eleita, iniciando uma leitura atuante dos objectivos estatutários. Deste modo foi impressa uma dinâmica própria, que criou condições de mudança de acordo com os novos padrões da sociedade, honrando e dignificando o passado, e mudando o presente para ganhar o futuro. Desde aí a equipa directiva da LASA fortaleceu-se e renovou-se, com a colaboração de um conjunto de elementos determinados a prosseguir no esforço de defesa da identidade de Setúbal e Azeitão. As instituições ficam e os homens passam, mas as instituições são aquilo que os homens querem que elas sejam. Na LASA, não queremos ser apenas solidários com os princípios do associativismo, mas também consciência crítica dos poderes estabelecidos e porta-voz das questões relevantes que ficam relegadas à obscuridade no contexto ds dinâmicas culturais e ambientais da nossa Região.

Missão e objectivos

O Artº 3º dos Estatutos da LASA dispõe que a Liga tem como objectivo principal a defesa do ambiente, do património natural e construído da região de Setúbal e Azeitão, bem como a conservação da natureza. Tem ainda como objectivos :

  • Proteger, promover e divulgar o património ambiental cultural e social da Região de Setúbal e Azeitão;
  • Colaborar com outros organismos, particularmente a Administração Central e Local;
  • Constituir, integrar-se ou manter relações com outras Associações ou Fundações nacionais ou internacionais que prossigam a defesa dos interesses sectoriais comuns, participando nas suas actividades;
  • Denunciar actos ou planos que originem a diminuição de interesse ou prejuízo para a região;
  • Promover e colaborar na criação e manutenção de centos ambientais, centros culturais e centros sociais, que contribuam para a melhoria da qualidade de vida da população.